Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos com Equipamentos de Pulverização Manual (APFEPM)

Objetivos gerais

 Atualizar os participantes para a manipulação e aplicação segura de produtos fitofarmacêuticos, minimizando os riscos para o aplicador, o ambiente, espécies e organismos não visados e o consumidor, de acordo com o novo quadro regulamentar e a inovação técnica ocorrida.

Conteúdos Programáticos

I – Sistemas regulamentares
                      I 1.1 – Autorização de produtos fitofarmacêuticos;
                      I 1.2 – Principais figuras e procedimentos legais relevantes para utilizadores profissionais;
                      I 1.3 – Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos (Reg. 1272/2008);

                      I 1.4 – Venda, aquisição e utilização responsável de produtos fitofarmacêuticos.

II – Proteção integrada
                      II 1.1 – Legislação específica e registos (princípios gerais da PI);
                      II 1.2 – A prática da PI e tomada de decisão;
                      II 1.3 – O aconselhamento agrícola;
                      II 1.4 – Avaliação comparativa de produtos fitofarmacêuticos e segurança.
                      II 1.5 – Princípios da PRODI;
                      II 1.6 – Regulamento e registos;

                      II 1.7 – O Cadernos de campo.

III – Modo de produção biológico
                      III 1.1 – Princípios gerais;
                      III 1.2 – Regulamento comunitário relativo ao Modo de Produção Biológico;

                      III 1.3 – A utilização de produtos fitofarmacêuticos em Modo de Produção Biológico

IV – Segurança na utilização de produtos fitofarmacêuticos
                      IV 1.1 – Aspetos toxicológicos inerentes à manipulação e aplicação dos produtos fitofarmacêuticos;
                      IV 1.2 – Noção de dose, concentração e volume de calda;
                      IV 1.3 – Informação e leitura do rótulo;
                      IV 1.4 – Produtos ilegais – sua identificação;
                      IV 1.5 – Equipamentos de proteção individual (EPI);

                      IV 1.6 – Escolha do EPI e as diferentes características do produto fitofarmacêutico;

V – Redução do risco na aplicação dos produtos fitofarmacêuticos
                      V 1.1 – A inspecção periódica de equipamentos;
                      V 1.2 – Características do equipamento de aplicação;
                      V 1.3 – Critérios para a escolha do equipamento de aplicação;
                      V 1.4 – Técnicas de aplicação, calibração, regulação do equipamento de aplicação e inspeção;
                      V 1.5 – Arrastamento da calda e dispositivos anti-deriva.

VI – Redução do risco para o ambiente, espécies e organismos não visados
                      VI 1.1 – Impacto no ambiente do uso de produtos fitofarmacêuticos;
                      VI 1.2 – Risco para as espécies não visadas e medidas de mitigação do risco;
                      VI 1.3 – Segurança na manipulação e preparação de caldas e limpeza de equipamentos de aplicação;

                      VI 1.4 – Gestão de resíduos de embalagens e resíduos de excedentes de PF (produtos obsoletos).

VII – Segurança alimentar
                      VII 1.1 – Limite máximo de resíduos;
                      VII 1.2 – Intervalo de segurança;

                      VII 1.3 – Exposição do consumidor e cumprimento das indicações do rótulo.

VIII – Armazenamento e transporte de pequenas quantidades de produtos fitofarmacêuticos
                      VIII 1.1 – Condições e características dos locais de armazenamento de produtos fitofarmacêuticos;
                      VIII 1.2 – Perigos e segurança durante o armazenamento. Sinalização

                      VIII 1.3 – Perigos e segurança no transporte de pequenas quantidades de produtos fitofarmacêuticos.

IX – Acidentes com produtos fitofarmacêuticos
                      IX 1.1 – Prevenção de acidentes;
                      IX 1.2 – Acidentes de trabalho;

                      IX 1.3 – Sintomas de intoxicação e medidas de primeiros socorros.

Carga Horária

25 Horas

Contato

Veja mais
Power BI Inicial – Business Intelligence

Power BI Inicial – Business Intelligence

Power BI (Business Intelligence) O que é Business Intelligence (BI)? Antes de nos aprofundarmos no Power BI e na sua funcionalidade, é fundamental contextualizar o conceito de Business Intelligence (BI).O

Segurança em Trabalhos em Altura

Segurança em Trabalhos em Altura

Trabalhos em Altura: Risco Zero? NÃO! Segurança Total? SIM! Os trabalhos em altura representam um dos tipos de atividade mais perigosos no mercado de trabalho, com um numero significativo de

Conduzir e Operar com o Trator em Segurança (COTS)

Conduzir e Operar com o Trator em Segurança (COTS)

Conduzir e Operar com o Trator em Segurança (COTS) O curso Conduzir e Operar com o Trator em Segurança (COTS) visa aprimorar as habilidades dos participantes na condução e operação

Enviar uma mensagem
Olá 👋
Como posso ajudar?